Plano de Saúde Empresarial: como funciona?

Postado em

O plano de saúde empresarial é uma modalidade de plano de saúde coletivo. Sua premissa é que ele deve ser contratado por uma pessoa jurídica. Seu funcionamento difere um pouco do plano de saúde individual, por ter particularidades específicas dos empregados beneficiados. Quer saber como funciona o plano de saúde empresarial? Confira!

Plano de saúde empresarial: conceito

O plano de saúde empresarial é aquele contratado por pessoa jurídica para oferecer cobertura a um grupo limitado. Esse grupo, no caso, são indivíduos ligados à determinada pessoa jurídica por vínculo empregatício ou estatutário e seus dependentes. Empregados, servidores públicos, aposentados, demitidos, estagiários, administradores e sócios de uma empresa, por exemplo.

Algumas pessoas confundem o plano de saúde empresarial com o plano de saúde por adesão. Ambos são modalidades de plano de saúde coletivo. Mas há diferenças. O plano por adesão é aplicável a pessoas jurídicas de caráter classista, profissional ou setorial. É o caso de sindicatos, associações profissionais e conselhos.

O plano empresarial é destinado àqueles que possuem vínculo empregatício ou estatutário com empresa e seus dependentes. Não há um número máximo de beneficiários, mas fique atento, pois algumas operadoras podem fixar um número mínimo.

Funcionamento do plano de saúde empresarial

O plano de saúde empresarial funciona de forma semelhante aos planos individuais. No entanto, possui algumas particularidades.

A adesão das pessoas ao plano corporativo é automática. Se elas já estão vinculadas à pessoa jurídica, mas a empresa ainda não possui plano de saúde empresarial, a adesão se dá na data da contratação do plano. Se o plano já existe, e a pessoa é contratada, a adesão ocorre no ato de sua vinculação à pessoa jurídica contratante. No entanto, o funcionário pode optar por participar ou não.

Cada operadora exige uma documentação para a adesão, tanto da empresa quanto do empregado. O valor do plano varia conforme sua abrangência, cobertura e nível de periculosidade da função. Quanto mais perigosa e complexa a atividade exercida, mais elevada será a sinistralidade e maior será o valor cobrado pela operadora do plano de saúde empresarial.

Além desses tópicos sobre o funcionamento, é preciso entender ainda sobre carência, abrangência, cobertura e coparticipação.

Carência

Carência é o prazo para começar a utilizar os serviços do plano de saúde empresarial após sua contratação. De acordo com a ANS, empresas com mais de 30 participantes no plano estão isentas do prazo de carência e da cobertura parcial temporária. Para que isso seja válido, os funcionários devem aderir ao plano em até 30 dias após sua admissão na empresa. Se isso não ocorrer, deverá cumprir a carência determinada

Abrangência e coberturas

O plano empresarial dá ao empresário a possibilidade de escolher a abrangência do plano, que pode ser local, regional, estadual e nacional. Quanto maior a abrangência, maior o valor do plano. A operadora pode, inclusive, cobrar mais por serviços oferecidos em outra cidade ou estado, diante das despesas maiores.

Já a cobertura diz respeito ao conjunto de procedimentos oferecidos sem que o beneficiário pague a mais por isso. Em geral, os planos de saúde empresariais cobrem consultas, exames, partos, cirurgias, internações, tratamentos específicos (hemodiálise, quimioterapia etc.). Isso tudo deve constar no contrato. Sobre este ponto, tenha especial atenção, pois há uma lista da ANS de procedimentos de cobertura obrigatória que os planos devem seguir.

É importante destacar que a cobertura do plano termina quando há a rescisão do contrato de trabalho. No entanto, se o beneficiário quiser continuar usufruindo da cobertura, é possível, desde que pague por conta própria o plano.

Coparticipação

A coparticipação é o valor que cada conveniado será responsável por pagar. Existe um percentual, que geralmente varia entre 20% a 50%, de cada procedimento realizado que será pago pelo beneficiário. Alguns planos de saúde empresarial são contratados nessa modalidade de coparticipação.

Para conseguir encontrar um plano de saúde empresarial adequado para seu negócio, é preciso fazer algumas cotações e avaliar os benefícios que cada seguradora oferece. Se você procura um atendimento diferenciado, que pode oferecê-lo o seguro ideal para atender às suas necessidades, entre em contato com a CIPA Corretora. Podemos auxiliá-lo nessa busca!

Como reduzir os custos do plano de saúde empresarial